O eToro aceita "hard forks"?

No eToro, compreendemos a importância dos "forks" como forma de manter e melhorar as rede de blockchain de criptoativos. Monitorizamos continuamente a evolução dos protocolos e esforçamo-nos por garantir que os fundos dos nossos clientes são salvaguardados durante tais eventos.

 

Se ocorrer um "hard fork" por consenso numa determinada blockchain, os clientes eToro titulares desse criptoativo não notarão a alteração. Contudo, se se avizinhar um "hard fork" com potencial para dividir uma blockchain específica, o eToro suspenderá a negociação até que as moedas afetadas obtenham estabilidade.

 

Sempre que um "hard fork" divide uma blockchain, o resultado é menos liquidez e, por vezes, volatilidade extrema. Por esse motivo, a suspensão da negociação é fundamental para a salvaguarda dos fundos dos clientes do eToro. Depois de um "hard fork", a equipa eToro avaliará a segurança e liquidez da nova moeda e examinará as vulnerabilidades no campo da segurança do protocolo e do software de cliente.

 

Logo que as condições o permitam, e caso o valor da nova moeda seja uma fração substancial do valor da moeda original, a equipa avaliará a possibilidade de acrescentar a nova moeda à carteira de produtos do eToro. A nossa primeira prioridade será sempre a de acrescentar a nova moeda (caso tenha um valor substancial) à nossa carteira de produtos. Contudo, se tal não for possível, o eToro compensará os titulares com o valor em USD da nova moeda, tão rapidamente quanto possível, logo que recebermos o novo criptoativo. 

 

Para aceitar o criptoativo resultante do "fork" utilizamos os seguintes critérios:

  1. Segurança: não aceitaremos moedas que possam colocar em risco a segurança dos nossos utilizadores.
  2. Tecnologia: a infraestrutura tecnológica da nova moeda terá de ser compatível com as nossas próprias limitações tecnológicas.
  3. Liquidez: para aceitarmos a nova moeda, esta tem de dispor de suficiente liquidez de mercado.
  4. Conformidade: temos de assegurar-nos de que o novo criptoativo não viola quaisquer limitações regulatórias sob as quais o eToro opera.

 

A segurança dos fundos dos nossos clientes é de suprema importância e é sempre o fator principal da nossa avaliação. Se decidirmos que é seguro aceitar o novo criptoativo, notificaremos os nossos clientes da nossa decisão.