Explicação sobre a venda a descoberto: o que significa e como utilizá-la para sua vantagem

Dedos nos “botões dourados”: quem sabe explicar o que significa exatamente “venda curta” – também conhecida por “venda a descoberto” ou “negociação a descoberto”?

Não há vergonha nenhuma em não saber a resposta a esta pergunta; muitos investidores experientes e bem-sucedidos teriam dificuldade em fornecer uma resposta totalmente convincente.

Em suma, a “venda a descoberto” é quando um investidor apoia a tendência descendente de um determinado mercado. Se o seu palpite estiver certo, então o investidor terá vantagem.

“A mentalidade inerente aos investidores é ser positivo e investir num mercado quando este está a subir, mas também se pode ganhar dinheiro quando o mercado está a descer, ao vender a descoberto a sua posição”, explica Iqbal Gandham, Diretor-geral do eToro no Reino Unido.

“Se conhece a venda a descoberto, não se deve preocupar se o mercado está a subir ou a descer, porque é possível ganhar dinheiro em ambas as direções. No entanto, um grande número de pessoas não está a tirar partido desta estratégia.”

É crucial compreender que as vendas a descoberto são possíveis através de contratos diferenciais (CFD) ou derivativos, uma vez que permitem ao negociador vender ativos que não possui de facto. Em termos simples, uma negociação curta é executada quando um ativo, ou instrumento, emprestado é vendido ao preço de mercado atual.

Se, posteriormente, o mercado se mover favoravelmente ao investidor e o preço do ativo diminuir, o valor da sua posição aumenta. A partir daí, o investidor pode optar por comprar novamente o ativo agora mais barato e obter um lucro considerável.

Seguramente, o exemplo mais famoso de “venda a descoberto” ocorreu em setembro de 1992, quando George Soros, um investidor húngaro-americano, teve um lucro de cerca de mil milhões de USD depois de prever corretamente a queda da libra esterlina quando foi forçada a sair do Mecanismo Europeu de Taxas de Câmbio. Mais recentemente, em 2007, John Paulson, gestor americano de fundos de cobertura, apostou contra os títulos hipotecários “subprime” norte-americanos e gerou 15 mil milhões de USD para a respetiva empresa.

Todos os 1200 instrumentos disponibilizados pelo eToro aos seus mais de seis milhões de membros oferecem a opção de vender a descoberto, incluindo nos mercados de criptomoedas e de ações. Durante a recente recessão das criptomoedas, no início de setembro, quando havia muita volatilidade no mercado, muitos negociadores procuraram vender a descoberto.

A interface para diversos dispositivos fácil de utilizar da plataforma do eToro torna mais fácil para os membros venderem a descoberto. E no mundo incerto de hoje, quem sabe que oportunidades podem surgir ao virar da esquina? Nunca o ditado antigo “o mal de uns é o bem de outros” fez tanto sentido.

Negociar agora nos mercados

Todos os investimentos envolvem riscos. Não coloque em risco o capital que não pode perder. As informações acima não constituem conselhos de investimento. Desempenhos anteriores não são garantia de resultados futuros.

7312 Visualizações