Um breve guia da venda a descoberto no eToro

Poderá já ter ouvido as expressões “venda a descoberto” ou “posição curta” e é bem possível que saiba o que isso significa. Afinal, a venda a descoberto é uma das melhores formas de tentar obter lucros quando os mercados estão em baixa. Numa explicação curta (trocadilho intencional), a venda a descoberto é uma prática que possibilita aos negociadores abrirem uma posição que irá aumentar de valor se o preço de um instrumento financeiro baixar. Esta prática é utilizada quando os mercados estão em baixa ou como uma ferramenta de cobertura.

Como funciona a venda a descoberto

A venda a descoberto é um acordo entre um negociador e um corretor, que pode ser realizado de várias formas. O cenário mais simples é aquele em que o corretor empresta um determinado ativo ao investidor, tal como um certo número de ações de uma determinada empresa. Em seguida, o investidor vende imediatamente as ações e, depois de o respetivo preço descer, compra-as novamente por um preço mais baixo. Posteriormente, devolve os ativos ao corretor e fica com a diferença.

É claro que este é o cenário ideal para o investidor, mas muitas vezes, a transação pode revelar-se menos favorável. O termo “a descoberto” refere-se ao facto de, depois de ter pedido emprestado e vendido as ações, o negociador ficar “sem” um certo número de ações.

Na plataforma do eToro, a venda a descoberto é feita ao utilizar um contrato diferencial (Contract for Difference, CFD). Ao utilizarem um CFD, o corretor e o investidor concordam previamente com os termos e liquidam a diferença entre si no final da transação, sem que o ativo subjacente mude de mãos. Se o corretor for licenciado e regulamentado, é obrigado a dar aos seus clientes condições de mercado que reflitam o mercado real o mais aproximadamente possível, razão pela qual a utilização de um CFD para venda a descoberto nestas circunstâncias não constitui um conflito de interesses.

Abrir uma posição de VENDA no eToro

O eToro esforça-se por proporcionar aos seus clientes uma interface intuitiva e uma experiência de negociação tranquila, razão pela qual a abertura de uma posição curta pode ser feita muito simplesmente na plataforma de negociação. Tudo o que tem de fazer é abrir uma negociação e mudar o botão comutador de “COMPRAR” para “VENDER”:

Assim que mudar para VENDER e abrir a sua posição, a posição abrirá como uma posição de venda a descoberto e aumentará de valor à medida que o preço do ativo descer. Lembre-se: a função de VENDA não significa que esteja a vender ativos a partir da sua carteira, mas sim a abrir uma nova posição que é “curta”.

Como em todas as plataformas de negociação, os preços no eToro têm uma variação, o que significa que os preços de COMPRA e de VENDA são diferentes (o preço de COMPRA é sempre mais elevado). Portanto, ao fechar uma posição curta, não se esqueça de verificar o preço de COMPRA na plataforma, já que é esse o preço que irá receber ao fechar.

Assim que abrir a posição, esta aparecerá na sua carteira como uma posição de “VENDA”:

A venda a descoberto é uma ferramenta poderosa e os negociadores devem familiarizar-se com ela. Ao adicionar a venda a descoberto à sua caixa de ferramentas de negociação e investimento, abre-se para si uma variedade de novas possibilidades, já que pode obter lucros mesmo quando os mercados estão em baixa. Além disso, a venda a descoberto pode ser utilizada como uma ferramenta de cobertura, para se proteger de algumas perdas, caso o resultado de uma determinada posição saia “pela culatra”.

Agora que compreende melhor as vendas a descoberto, recomendamos que experimente abrir algumas posições curtas utilizando a sua conta virtual eToro.

O seu capital está em risco. Isto não é um conselho de investimento. Negociação em CFD.

7 Visualizações