Causar impacto

Olá a todos,

As alterações climáticas são muitas vezes uma questão politicamente carregada, mas independentemente da vossa posição, penso que todos podemos concordar que é melhor para o ambiente se todos fizermos a nossa parte para manter o mundo tão limpo quanto possível.

Enquanto investidores, desempenhamos um papel muito único no ecossistema global. As empresas com mais dinheiro têm mais poder coletivamente; na qualidade de investidores, temos uma influência considerável. Em muitos casos, investir numa empresa com uma causa social ou ambiental nobre pode até gerar maiores lucros do que nos seus concorrentes em exercício.

O termo “investimento de impacto” incorpora este conceito e o termo pesquisado tem vindo a aumentar de forma constante ao longo da última década.

É claro que o processo de pesquisar em que empresas investir e de criar uma carteira nesta base pode ser extremamente moroso. Assim, para proporcionar uma vantagem aos nossos clientes, a equipa do eToro criou um novo CopyPortfolio para @RenewableEnergy.

As 22 ações foram especificamente selecionadas com base nos objetivos das empresas de reduzir a nossa pegada de carbono, na sua diversidade geográfica e na capitalização de mercado já significativa. Estejam à vontade para analisar o prospeto completo nesta hiperligação ou investir com apenas alguns cliques na plataforma do eToro.

@MatiGreenspan

eToro, Analista de mercado sénior

Destaques de hoje

  • Aproximarmo-nos mais devagar
  • Turquia em colapso
  • A “Alt season” continua

Nota: todos os dados, números e gráficos são válidos a partir de 28 de março. Todos os investimentos envolvem riscos. Não coloque em risco o capital que não pode perder.

Mercados tradicionais

Embora os riscos sejam sobretudo isolados para o Reino Unido e parcialmente para a Europa, todos os investidores globais devem provavelmente manter um olho no Brexit neste momento. À medida que avançamos, parece de facto que qualquer cenário de juízo final está a ficar cada vez menos provável, mas sem dúvida vale a pena ficar atento.

Ontem, ocorreu no Parlamento uma série de oito votações para tentar determinar o que deverá ser feito. Nenhuma delas foi aprovada, mas duas delas ultrapassaram o acordo de Theresa May, que incluía a opção de permanecer na união aduaneira da UE e a opção muito popular de um segundo referendo. No geral, pareceu que as opções mais suaves eram mais agradáveis para os legisladores do Reino Unido, fazendo um Brexit duro parecer menos provável.

Além disso, a Primeira-Ministra May pode ter feito um ultimato bastante peculiar de que irá demitir-se se o seu acordo for aprovado. Alguns foram rápidos a apontar a ironia de que, se ela ganhar, terá de sair, mas se ela perder, pode ficar no poder. É claro que é inteiramente possível que ela nunca consiga essa opção de qualquer forma, uma vez que o Parlamento está relutante em votar sobre o mesmo acordo pela terceira vez.

Entretanto, parece que está a avançar um possível acordo comercial entre os EUA e a China. O prazo anterior de 31 de março é agora irrelevante e os otimistas acham que pode acontecer até maio ou junho.

O clima geral nas bolsas de valores é de consolidação. Aqui, podemos ver vários dos principais índices de ações de todo o mundo. O mais impressionante aqui é o China 50 (linha branca), que conseguiu manter grande parte dos seus ganhos iniciais.

Colapso turco

As moedas dos mercados emergentes estão, uma vez mais, em tendência descendente, à medida que os analistas continuam a baixar as expectativas, e a lira turca está a sofrer o impacto da volatilidade.

Após uma descida abrupta de 7% na sexta-feira (retângulo roxo), no que se pretendia como uma medida defensiva, as autoridades turcas supostamente impediram os bancos de emprestarem liras a estrangeiros. A mudança torna mais difícil para as pessoas venderem a moeda a descoberto e obriga os compradores a entrarem no mercado à vista.

No entanto, os rigorosos controlos de capital tendem apenas a funcionar temporariamente, em especial num mercado que está interessado em vender. Como podemos ver, a lira continua a enfraquecer esta manhã.

(Atenção: o par USD/TRY mostra a força do dólar norte-americano face à lira; assim, uma movimentação para cima significa que a lira está a cair.)

As eleições locais na Turquia terão lugar no domingo; portanto, mantenham os olhos abertos.

A “Alt season” continua

O vencedor de grande capitalização de mercado da “alt season” ao longo dos últimos dias foi claramente o EOS. O gráfico de preços mostrará uma espécie de stick de hóquei neste momento; assim, em vez disso, vamos dar uma olhadela na ferramenta comparativa da CoinDesk, que mostra que está a superar o desempenho na categoria de rede e só fica atrás do Ethereum em desenvolvimento.

À medida que a rede progride e vemos mais sobre transações em cadeia, esta também deverá influenciar o valor. Embora não tenha conseguido encontrar qualquer gráfico de transações históricas para o EOS (se alguém tiver um, ajude-me!), estima-se que tenham havido mais de 4 milhões de transações de quase 100 000 endereços ativos ao longo das últimas 24 horas.

Entretanto, podemos também ver novamente as transações no protocolo de confiança (blockchain) do bitcoin a atingirem um pico. É claro que este pico se deve mais provavelmente ao facto de o Veriblock estar agora ao vivo e estar a liquidar transações de outros protocolos de confiança de volta para o protocolo de confiança principal do Bitcoin.

Neste gráfico, podemos ver o efeito que o Veriblock está a ter sobre a taxa de transações por segundo (TPS) do Bitcoin. O círculo vermelho refere-se ao momento em que a respetiva rede de teste foi terminada a 4 de março. O círculo preto refere-se a quando a rede principal foi lançada na segunda-feira.

Portanto, não são apenas as altcoins que estão a ganhar em utilização. Até o bitcoin está a conseguir tornar-se mais útil à medida que a interoperabilidade aumenta.

Como sempre, muito obrigado pelo vosso elevado nível de participação nestas atualizações de mercado diárias. As vossas mensagens nas redes sociais com comentários, perguntas e opiniões são a minha principal fonte de inspiração.

Cumprimentos,

Mati Greenspan

Analista de mercado sénior

Ligue-se a mim no….

eToro: http://etoro.tw/Mati

Twitter: https://twitter.com/matigreenspan

LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/matisyahu/

A sua rede social de investimentos – www.eToro.com

O eToro (UK) está autorizado e é regulado pela Financial Conduct Authority. O eToro (Europe) está autorizado e é regulado pela Cyprus Securities and Exchange Commission.

Estes materiais são considerados como comunicações de marketing e não devem ser interpretados como aconselhamento ao investimento, recomendação pessoal, ou uma oferta ou solicitação para comprar ou vender quaisquer instrumentos financeiros. Este material foi preparado sem levar em consideração os objetivos de investimento ou a situação financeira de qualquer indivíduo em particular, e não foi preparado de acordo com os requisitos legais e regulamentares para promover a investigação independente. Quaisquer referências ao desempenho passado de um instrumento financeiro, índice ou produto de investimento em pacote não são, e não devem ser consideradas, um indicador fiável de resultados futuros. O eToro não faz qualquer representação e não assume qualquer responsabilidade quanto à exatidão ou integralidade do conteúdo desta publicação, que foi preparado utilizando informações publicamente disponíveis.

O eToro é uma plataforma multiativos que possibilita o investimento em ações e criptoativos, bem como a negociação de CFD.

Os CFD são instrumentos complexos e comportam níveis elevados de risco de perda rápida de dinheiro devido à alavancagem. Nas transações de CFD com este operador, 76% das contas de clientes particulares perderam dinheiro. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.

Os criptoativos são instrumentos voláteis que podem apresentar variações de preços significativas em períodos de tempo curtos, não sendo, por isso, adequados para todos os investidores. A não ser através de CFD, a negociação de criptoativos não está regulamentada e, portanto, não é supervisionada no âmbito de qualquer quadro regulamentar da UE. O seu capital está em risco.

35 Visualizações